aqui4

Quando a adversidade bate à porta

maio 14, 2014 em Testemunhos

(Adversidade: contrariedade, infelicidade)

“Já que eu sei que tudo é para o bem de Cristo, alegro-me nas fraquezas, nas perseguições e nas dificuldades. Porque quando estou fraco, então sou forte.” (II Cor 12:10)

“Porque se vivemos para o Senhor vivemos, se morremos para o Senhor morremos. Quer pois vivamos ou morramos somos do Senhor. (Rm 14:8)

Amados irmãos em Cristo e amigos, que a Paz de Jesus Cristo, a verdadeira Paz que o mundo não dá, inunde sua vida em nome de Jesus.

Em abril de 2013 esses versículos da Palavra de Deus foram como bálsamo para mim e pare o meu amado esposo José. Meu esposo recebeu o diagnóstico câncer. Muitas vezes achamos que temos uma fé inabalável, achamos que estamos firmes em Deus e na sua Palavra. Mas, ao primeiro sinal de luta, problemas, nós fraquejamos e até duvidamos do poder de Deus. Eu e o José aprendemos que não podemos ter uma fé em Deus baseada nas coisas e pessoas. Nada disso vai me livrar de lutas, provações etc. A nossa fé tem que estar firmada em Deus e na sua Palavra. Eu tenho o consolo do Espírito Santo de Deus sobre mim em todo tempo. Aprendemos que temos que clamar o Espírito Santo em todo tempo, independente das circunstâncias.

Existe um cântico cristão antigo que diz: “Essa paz que eu sinto em minha alma, não é porque tudo em mim vai bem. Essa paz que eu sinto em minha alma, é porque eu amo ao meu Senhor Jesus. Não olho circunstâncias, não, não, não, olho o seu amor, não me guio por vista, alegre estou.”

Pare e pense na mulher de Jó; ela não estava preparada para as lutas, doenças, perdas, etc. Ela chegou ao ponto de pedir a Jó que abandonasse a Deus e morresse. A mulher de Ló foi completamente louca. Nós cristãos temos sempre que nos fazer a seguinte pergunta: quando vierem os problemas, as lutas, eu serei cristão? Nas horas de adversidade que nossa fé é testada. Satanás está sempre ao nosso derredor e ele nos odeia. Eu e o José adquirimos esta consciência através dessa enfermidade e outras situações. José fez a 1ª biópsia em abril de 2013 e o médico disse que ele teria que operar urgentemente. Ele fez a cirurgia em 22 de maio. Nós glorificamos a Deus por tudo que passamos, porque Deus esteve no controle em todo tempo. Eu me lembro que orei com o José ao Senhor minutos antes da cirurgia: “Meu Deus querido, eu te louvo porque o Senhor é Deus Soberano. Senhor, que essa enfermidade não seja para a morte, que ela seja para testemunho, salvação e edificação de muitos. Eu te oro e te peço em nome de Jesus, amém!”

Irmãos e amigos, a cirurgia dele durou 6 horas e era pra durar 4 horas. A batalha espiritual foi grande e o Senhor teve misericórdia, aleluias! Após a cirurgia, o 1º médico que saiu da sala foi o Dr. Diego, e eu lhe disse: “Doutor, eu orei para Deus agira em todo tempo através de vocês!” Então ele me disse: “A senhora continue orando, porque as orações da senhora, Deus ouviu mesmo, tivemos muitos problemas com a cirurgia dele, coisas que nunca aconteceram nessas cirurgias que fazemos, aconteceram com ele.”

Após a cirurgia, José ainda esperou 15 dias para saber o resultado da 2ª biópsia. Deus nos falou nesses dias de espera: “Eu irei diante de ti, endireitarei os caminhos tortos, queimarei as portas de bronze e despedaçarei os ferrolhos de ferro.” (Isaías 45:2).

“Invoca-me no dia da angústia, eu te livrarei e tu me glorificarás.” (Sl 50:15)

Com o resultado da 2ª biópsia em mãos, levamos o resultado ao médico e ele disse: “Sr. José, o câncer não se espalhou! O senhor não precisa fazer nem quimioterapia, nem radioterapia.” E eu disse a eles que Deus está no controle de nossas vidas.

Agradecemos aos médicos pelo zelo e profissionalismo, e claro, ao nosso Soberano e Maravilhoso Deus!

Meu nome é Mary Costa Ferreira Duarte e meu esposo é José Sérvulo Duarte, estamos casados há 29 anos e 6 meses, glória a Deus!

 

aqui4

Vídeos da Cantata “A canção da Páscoa”

abril 22, 2014 em Cantatas, Ministrações, Musicais, Páscoa

Manhã

Noite

aqui4

A Canção de Páscoa

abril 14, 2014 em Cantatas, Ministrações, Musicais

Os Corais Kerygma e El Shamah, Mudança Cia. de Danças e Artes Cênicas e Cias. de teatro da Igreja Batista da Lagoinha, convidam a todos para celebrarem a ressurreição de Cristo assistindo ao musical de Páscoa “A Canção de Páscoa” que será ministrado no dia 20 de abril de 2014, às 10 horas da manhã no templo da Igreja Batista da Lagoinha, será um prazer recebê-los!